CIA recrutou mais de 1500 mercenários afegãos para lutar na Líbia

“A Agência Central de Inteligência [CIA] dos Estados Unidos recrutou mais de 1.500 homens da região de Mazar-e-Sharif, no Afeganistão, para lutar na Líbia. Fontes militares disseram ao jornal The Nation que “A maioria dos homens foram recrutados do Afeganistão. Eles são uzbeques, hazaras e persas”
Segundo a TV Al-Jazeera, diversas imagens de “rebeldes” mostram combatentescom vestimentas afegãs, e não líbias.

Fontes em Quetta, disseram que “Alguns uzbeques e hazaras do Afeganistão foram presos em Balochistan. Eles viajarem ilegalmente do Paquistão, passaram pelo Irã e desembarcaram na Líbia, protegidos pela Otan. Relatórios da Al-Jazeera revelam que além dos combatentes transportados por aviões, mais de 60 afegãos, na maioria crianças e adolescentes, foram encontrados mortos por sufocamento dentro de um contêiner, no sudoeste do Paquistão, em uma tentativa aparente de ingressar na Líbiapor via marítima.

Mais de 100 imigrantes ilegais foram descobertos a 20 quilômetros da cidade fronteiriça de Quetta, na semana passada no interior do contâiner, que tinha sido trancado por fora.

Continuar lendo

Anúncios

Muro de Berlim — Parte 3 — O envolvimento da CIA; mais informações sobre as origens do Muro

Muro de Berlim, parte 1: https://iglusubversivo.wordpress.com/2011/08/11/muro-de-berlim-1/

Muro de Berlim, parte 2: https://iglusubversivo.wordpress.com/2011/08/11/muro-de-berlim-2/

“The Anti-Empire Report”, 28 de julho de 2011

por William Blum

O Muro de Berlim – Outro mito da Guerra Fria

A mídia ocidental em breve estará acelerando seus motores de propaganda para formalizar o 50 º aniversário da construção do Muro de Berlim, em 13 de agosto de 1961. Todos os clichés da Guerra Fria sobre O Mundo Livre contra A Tirania Comunista serão usados e o simples conto de como o muro veio a surgiu será repetido: Em 1961, comunistas de Berlim Oriental construíram um muro para evitar que seus cidadãos oprimidos fugissem para Berlim Ocidental e para a liberdade. Por quê? Porque os comunas não gostam que as pessoas sejam livres, que aprendam a “verdade”. Que outra razão poderia haver?

Primeiro de tudo, antes da construção do muro milhares de alemães orientais tinham viajado para o Ocidente para trabalhos a cada dia para, em seguida, retornar ao Oriente, à noite; muitos outros iam e vinham para fazer compras ou outras razões. Então eles claramente não estavam sendo segurados no Oriente contra a sua vontade. Por que, então foi o muro construído? Houve duas razões principais:

Continuar lendo