Experiências de Almir na União Soviética

ria-passport

Por Thiago Dutra Vilela

Conheci o Almir pela internet, numa comunidade do orkut. Depois de participar de alguns tópicos obtive a informação de que ele havia morado na União Soviética entre as décadas de 70 e 80. E atualmente mora na minha cidade!

Foi a chance de obter mais informações sobre essa época tão pouco estudada e tão mal lembrada – pela direita e pela esquerda. Acredito que há de se compreender o que aconteceu para poder aprender com todos os erros e acertos do chamado “socialismo real”.

E para termos acesso à verdade não basta apenas investigar os relatos de Moscou. Adianta menos ainda apenas analisarmos a propaganda dos Estados Unidos e da mídia Internacional. Apresento, então, o ponto de vista de Almir, um comunista, na época estudante universitário, estagiário e posteriormente um trabalhador do país. Almir fala sobre a juventude, a imprensa, a economia e a política soviética na sua época.

Continuar lendo

Anúncios

EUA provocaram a União Soviética em invadir o Afeganistão e começar toda a confusão

Zbigniew Kazimierz Brzezinski (em polonês: Zbigniew Kazimierz Brzeziński [‘zbigɲev bʐɛ’ʑiɲski]; Varsóvia, Polônia, 28 de Março de 1928) é um cientista político, geopolítico e estadista estadunidense, de origem polonesa. Brzezinski serviu como Conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos da América durante a presidência de Jimmy Carter, entre 1977 e 1981.

Entrevista com Zbigniew Brzezinski

Le Nouvel Observateur (França), 15-21 janeiro de 1998, p. 76 *

Pergunta: O ex-diretor da CIA, Robert Gates, afirmou em suas memórias [From the Shadows], que os serviços de inteligência americanos começou a ajudar o Mujahadeen no Afeganistão seis meses antes da intervenção soviética. Neste período você foi o conselheiro de segurança nacional do presidente Carter. Você, portanto, desempenhou um papel neste caso. Isso está correto?

Brzezinski: Sim. Segundo a versão oficial da história, a ajuda da CIA para o Mujahadeen começou em 1980, isto é, depois de o exército soviético invadiu o Afeganistão, 24 de dezembro de 1979. Mas a realidade, muito bem guardado até hoje, é totalmente diferente: Na verdade, era 03 de julho de 1979 que o presidente Carter assinou a primeira directiva para o apoio secreto aos opositores do regime pró-soviético de Cabul. E naquele mesmo dia, escrevi uma nota ao presidente em que eu expliquei-lhe que na minha opinião, este apoio iria provocar uma intervenção militar soviética.

Continuar lendo