Stalin e culto à personalidade: o grande mito – Parte 2

Stalin e o “culto à personalidade” – O que há de verdade?

Título original: The ‘Cult of The Individual’ (1934-52)

Lido por William Bill Bland no Stalin Society, organização localizada na Grã-Bretanha, em maio de 1991.

(http://www.stalinsociety.org.uk/)

Em 14 de fevereiro de 1956, Nikita Kruschev, então primeiro secretário do Comitê Central do Partido Comunista da União Soviética, publicou um obscuro e enviesado ataque contra Stalin no XX Congresso do Partido: “É de suma importância para restaurar e reforçar por todos os meios possíveis o princípio leninista da liderança coletiva. O Comitê Central condena veementemente o culto individual, alheio ao espírito do marxismo-leninismo”. (NS Kruschev:Relatório para o Comitê Central, 20 o Congresso do PCUS , Fevereiro de 1956, Londres 1956, p. 80-81).

Continuar lendo

Anúncios

Pyotr Pospelov — O 50º Aniversário do Partido Comunista da União Soviética (1953)

Fonte: Problemas – Revista Mensal de Cultura Política nº 52 – Dez de 1953.

O Partido Comunista e o povo soviético celebram um grande acontecimento histórico — a 30 de julho de 1953 verificou-se o quinquagésimo aniversário do dia da inauguração do II Congresso do Partido Operário Social-Democrata Russo (P.O.S.D.R.). O quinquagésimo aniversário do Partido Comunista da União Soviética é uma data gloriosa e notável na vida dos povos de nosso país e na história de todo o movimento revolucionário internacional. No II Congresso do P.O.S.D.R. estabeleceram-se as bases do Partido Bolchevique — Partido marxista revolucionário de novo tipo, radicalmente diferente dos velhos partidos reformistas da II Internacional. Lênin escreveu:

“O bolchevismo existe como corrente do pensamento político e como partido político a partir de 1903”.

Continuar lendo