Stalin — Antissemitismo: Resposta a uma Consulta da Agência Judaica Telegráfica nos Estados Unidos

Em resposta ao seu pedido:

O chauvinismo nacional e racial é uma sobrevivência de costumes anti-humanos próprio do canibalismo. O antissemitismo, como uma forma extrema de chauvinismo racial, é a sobrevivência mais perigosa do canibalismo.

O antissemitismo é útil para os exploradores como um para raios que preserva o capitalismo do golpe dos trabalhadores. O antissemitismo é perigoso para os trabalhadores como um caminho falso que se desvia do caminho certo e leva para a selva. Portanto, os comunistas, como internacionalistas consequentes, não podem deixar de ser inimigos implacáveis e amargos do antissemitismo.

Na URSS, a lei persegue de modo mais rigoroso o antissemitismo como um fenômeno profundamente hostil ao regime soviético. As leis da U.R.S.S. punem com a morte os antissemitas ativos.

Josef Stalin
12 de janeiro de 1931.

Publicado primeiramente no Pravda de 30 de novembro de 1936, edição nº 329.


Tradução do espanhol para o português – Comunidade Josef Stálin (com pequenas modificações minhas, comparando com a tradução da carta para o inglês)

Anúncios

Um comentário sobre “Stalin — Antissemitismo: Resposta a uma Consulta da Agência Judaica Telegráfica nos Estados Unidos

  1. Pingback: O “Caso dos Médicos” de 1953 na URSS | Iglu Subversivo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s