Mais uma mentira de Yoani Sánchez

Por “M.H. Lagarde”

Depois de aparecer disfarçada, com peruca, roupas, sapatos e bolsa, de turista alemão, em um debate sobre internet, em Havana, agora a blogueira mercenária, depois de ter sido brevemente detida, tem posado de ex-sequestrada e em muletas.

Que essa blogueira persista nesse tipo de disparate, não é nada de novo.

Ela toda é uma mentira do início ao fim. Na verdade, a sua reputação de renome internacional é apenas uma farsa organizada por aqueles que estão empenhados em atacar a revolução cubana e nunca se cansam de inventar e reciclar novos “personagens” para esta finalidade.

Não é de estranhar, então, que vários meios de imprensa tenham se prestado, sem vacilar, como cenário de sua última atuação. Após sua detenção breve, a mercenária disse que ela tinha sido “espancada” por seus “sequestradores”, mas até agora, ela que sempre está bem equipada e sempre pronta para filmar e gravar tudo, não foi capaz de apresentar uma imagem da surra que recebera, mesmo que tenha passado todo o fim de semana “com o rosto e sobrancelha inchados”, conforme declarou.

Os golpes, de acordo com suas declarações a BBC, foram dados nas nádegas, que, como disse, não pode mostrar em público. “Tenho várias marcas, principalmente nas nádegas”, ela disse, “infelizmente não posso exibi-los”. Menos mal!

Na versão da mercenária, a BBC, afirma ainda: “Eu resisti o tempo todo, mas não fui capaz de feri-los, porque são pessoas treinadas, mas eu mordi, arranhei e, até, apertei os testículos de um deles”. Afinal, quem golpeou quem?

Curiosamente, os legisladores do governo dos Estados Unidos, como os cabecilhas da máfia anti cubana, Lincoln Diaz Balart e Ileana Ross Lehtinen gritaram aos céus em protesto contra a “agressão” na blogueira. Até o Departamento de Estado, aparentemente comovido por sua muleta, única evidência de seu sofrimento, se pronunciou a respeito e afirmado que segue o assunto com atenção. Especialmente, no que diz respeito aos cuidados médicos do “golpeada”.

Esta última parece uma piada. No SINA, que tem servido para formar jornalistas “independentes”, é sabido, que ainda não foi criado um posto médico para “dissidentes”.

O enredo da opereta, além de ruim, nem mesmo é original. Em mais de um detalhe lembra da encenação orquestrada por Washington e estrelado por várias décadas atrás por Armando Valladares, aquele terrorista que se montou no duplo papel de poeta e deficiente.

Ao final, descobriu-se que tais Valladares – não era poeta, nem inválido – tornado embaixador dos EUA, na Comissão de Direitos Humanos na ONU, não pode ler uma nota.

Fonte: CAMBIOS EN CUBA
__________________________________

A FARSA DA MERCENÁRIA

“YOANI LEVANTA E ANDA” MILAGRES EM HAVANA

Por “Javier López”

Há uma semana, o mundo se comovia pelas “chocantes” imagens da blogueira cubana Yoani Sánchez, que depois de uma “fenomenal surra”, executada por agentes de segurança “castro-comunistas”, havia quedada com graves sequelas para a saúde física e mental, algumas em partes nobres que a “regatada” blogueira não permitiu mostrar aos seus fãs. não o “modesto” blogger permissão para ver os seus fãs. Sem dúvidas, uma foto que aparece de muletas, ajudada por uma nobre samaritana, diante de sua incapacidade de cuidar de si mesma, varreu o mundo.

Veja a imagem (advertimos: as imagens podem ferir a sensibilidade dos leitores).

Mas, oh! O Milagre aconteceu!

Como na passagem bíblica, em que Jesus diante do pedido de um de suas seguidoras, virou-se para a vida de Lázaro (João 11:1-44) ungindo com óleo e ordenando “Lázaro, levanta-te e anda …” e João se levantou, convertendo-se, assim, em testemunha da grandeza do Senhor, hoje nós podemos ver com espanto a rápida recuperação de nossa intrépida blogueira, lutadora pela liberdade, pela justiça e pelo capitalismo humanista.

Sim, Yoani, a que sofreu tão dura experiência aparece agora, uma semana depois, sem muletas, correndo com a câmera na mão e fotogravando os ditos “agentes de segurança” cubanos, que não a deixam em paz, nem de noite, nem de dia.

Veja as fotos.

Foi um milagre divino, ou uma demonstração dos avanços surpreendentes da medicina cubana, que oferece os seus serviços, mesmo aqueles que negam o sistema que permite que estas realizações, ou uma combinação de ambos, que certamente Deus vai premiar aquelas sociedades que se preocupam com seus filhos favoritos, os seres humanos.

Ou foi, talvez, a mais clara demonstração da mitomania Dona Yoani. O mais incrível é que ela caiu por si mesma, como dizem no meu povo “cai primeiro um mentiroso, que um coxo”.

Assim como existe o testemunho, da rápida “recuperação” da ciberchineleira de outrora, Louvai ao Senhor! (mesmo para aqueles que não merecem).

Assista no YOUTUBE:

“LA REPÚBLICA. Está desmontada as mentiras de Yoani Sanchez: os médicos que atenderam-na, não encontrado ferimentos em seu corpo.”

Fonte: ISLAMÍA

Tradução: Robson Ceron


O povo se cansa de Yoani Sánchez

Por “Guillermo Nova” / A República / Havana

Na sexta-feira, 20 de novembro, Reinaldo Escobar, marido Yoani Sanchez tentou acabar com o ato de encerramento da Feira Universitária do Livro e Leitura (FULL) , na central Rua 23, esquina com a Avenida dos Presidentes, em Havana. Mas, saiu-se mal.

Quando os jovens havaneiros desfrutavam da oferta de livros a preços baixos e música dos grupos de artistas amadores, o marido da blogueira cubano se colocou em frente dos meios de comunicação estrangeiros presentes e disse que ele estava ali como sinal de luto pelas supostas agressões à sua esposa, na semana passada.

Os cubanos já se cansaram de tanta provocação e ao ritmo da conga, os jovens que participavam do evento começaram espontaneamente a gritar “esta rua é revolucionária” e “abaixo a ‘gusanera’”, e ainda “Raul, seguro, aos ianques dá-lhe duro”.

O curioso do fato é que os agentes de segurança, aos que Yoani Sanchez tantas vezes denunciou por supostas agressões e assédio, tiveram que ser os que retiraram seu marido do local, para que não sofresse a ira de um povo cansado das muitas provocações.

A suposta agressão denunciada pela blogueira cubana, foi completamente desmentida, em declarações exclusivas à La República, pelos próprios médicos que atenderam e que em nenhum momento encontraram lesões, além de ser compatível com o exame médico que fez.

Fonte: LaRepública.es

Tradução: Robson Luiz Ceron – Solidários


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s